Salve Galera!

Primeiro desculpe-me pelo atraso de dois dias da publicação do segundo artigo desta saga, este ficou um pouco extenso, mas acredito que valha apena uma batida de olhos mas vamos nós a o que de fato interessa!

Pessoal, só quero antes de começar pedir-lhes um favor:

Antes de você sair de seu emprego atual, sair atrás de um CNPJ queimar a sua cabeça com nota fiscal entre outras partes, vamos primeiro montar mesmo que pequena uma carteira de Clientes que nos garante o mínimo pra sobreviver passar um mês. Estruturação de inicio é caso serio abrir uma empresa não é uma brincadeira, lembre-se sempre disso!

Quero dar inicio a este post com o seguinte pensamento:

Ao realizar uma tarefa seja ela de ordem profissional sendo um empregado ou o nosso caso empregador ou pessoal, não foque no erro e sim pense e foque o Acerto!

A frase ouvida não foi exatamente essa, mas a idéia éessa , a frase quando ouvi em um programa de rádio que ouvia no transito mudou em muito a minha maneira de lidar com as situações vividas.

Por muito tempo fui realizar visitas comercias apresentando a minha empresa sempre com o pensamento “EU NÂO POSSO ERRAR”, mas sempre algo me fugia do devido controle e com isso eu errava.

Pós entender em definitivo o que o entrevistado queria dizer eu comecei a realizar as visitas com o Pensamento “TENHO QUE FAZER O MELHOR PARA ACERTAR”, Acreditem ou não, mas as negociações tiveram um ganho espetacular em produtividade.

Não quero dizer eu parei de errar, Graças a DEUS isso não aconteceu e espero não acontecer, mas ajudou a empresa tomar rumos mais assertivos do que errôneos.

Com isso, chegamos em um momento importante. Já tendo realizado o nosso plano de negocio, é hora de definições de quatro perguntas que eu tenho certeza que você já fez e eu faço a cada 10m dos meus dias:

Como?

Quando?

Onde?

O que?

SOBRE O COMO

O como é o, mais difícil, irritante e incessante pergunta que nos chega, já começa com as perguntas:

Como abrir a empresa?

Como ter um diferencial?

Como conseguir o devido investimento?

Entre outras, vamos sempre tomar como ponto de partida a seguinte situação:

Hoje a tecnologia esta fácil a todos, quantas escolas de informática existem por ai? Não estou falando de Impacta ou Green estou falando de escola como S.O.S Computadores entre outras.  Agora pense quantas pessoas concluem um curso deste sendo em hardware, desenvolvimento Web, desenvolvimento de sistemas Redes etc , saem da escola e vão oferecer os seus serviços por ai a fora.

Pensou em um numero? OK multiplique este numero por 2.000, é quase o numero real de casos como este que citei acima.

Se você meu caro, que esta lendo este artigo tem uma idéia como a de Jobs, Torvalds e Gates tiveram há alguns anos atrás este artigo termina aqui, mas se você é como eu, não teve a grande idéia, assim como eles tiveram (Claro depois de muito cansaço) Continue conosco ;D neste mesmo Post!!!

Estas pessoas que estão oferecendo os seus serviços pós um curso rápido ou até mesmo um curso mais focado e preparado como de um SENAC, são as pessoas que você vai ter que ter em sua mente como concorrentes, a sua concorrência não é a empresa que você trabalhou trabalha ou viu em algum lugar, não temos o capital de giro destas empresas. O meu primeiro estoque de peças como fontes e placas de rede só foi feito depois de 3 anos de empresa isso porque o estoque tinha 3 fontes ATX, e 5 placas de Rede. É triste, mas verdadeiro!

Este pessoal nem todos infelizmente têm Know-how em informática pra resolver problemas, ai é uma abertura pra nós, a garantia de resolução de serviços, graças a alguns pilantra que não entregaram devidamente o site desenvolvido, um sistema no mínimo testado e uma máquina formatada de qualquer jeito os que trabalham certo sofrem, sem bem o que e isso,

Tenha todas as ferramentas pra resolver o problema do Cliente, sendo esta ferramenta física como chaves de fenda multímetro testadoras de cabos, no caso de infra, ou as ferramentas de desenvolvimento de sistemas, conhecimento de causa, conhecimento em analise de negócio metodologias de teste pra garantir o sucesso da sua aplicação, etc.

Parece ser obvio estas linhas, mas na criação de uma empresa podem passar despercebidas, ao desaperceber estas situações sabe o que vai acontecer? Um ERRO, que vai lhe causar a perda de um cliente.

Como ter um diferencial?
Como não ser mais um?

Quero fazer-lhes um convite neste momento:

Precisamos rever o plano de negócio que fizemos, este plano deve ser visto constantemente pra não desviarmos o foco da empresa. Precisamos fazer uma análise detalhada das necessitas do nosso empreendimento.

SOBRE O QUANDO

Como diz o Peta:

Quem sabe faz à hora, não espera acontecer

Não menos chato o Quando nos aparece em situações que decisões terão que ser tomadas de forma que poderão mudar a empresa positivamente quanto negativamente:

Quando vou ter que emitir a nota fiscal?

Quando fazer contato com os clientes (Perguntas deste tipo sempre vem depois de fazer a pergunta como)

Em 99% das vezes saberemos o momento do quando.

Esta segunda pergunta infelizmente não tem muito que auxiliar é um ponto intimo que teremos que averiguar com cautela extrema cautela. Quando?

SOBRE O ONDE

Onde é uma perguntinha que aparece pra aborrecer agente, acontece de você esta buscando uma estruturação de serviços bem focada, e você se pergunta:

Onde eu quero chegar com isso?

Ou mesmo onde conseguir clientes? Onde ter o meu diferencial?

O Onde será suprido normalmente com constantes leituras de artigos técnicos dando a nós capacitação técnica, e sites como o do SEBRAE que até o momento vai conseguir nos auxiliar, no quesito fundamentação da empresa

Onde conseguir os clientes, meu caro o Google é nosso pastor e nenhuma informação nos faltará, em uma busca rápida no Google podemos conseguir e-mail telefone e endereços de N empresas de diversos seguimentos de mercado, é onde conta a informação na sua busca!.

O diferencial, esta na leitura e constante pesquisa de mercado.

SOBRE O,  O QUE

Há deixei O Que por ultimo não foi por acaso esta pergunta bendita muitas vezes é que dará a alavanca pro nosso negócio.

Quando fazer a Pergunta O Que? Quer dizer que não entendemos claramente uma situação com essa falta de entendimento irritante (pelo menos pra mim) vamos atrás de esclarecimentos, aprofundados  que nos gera know-how pra diversas ocasiões e auxiliando as resposta de Como? Quando? Onde, principalmente o Quando  que só depende de nós pra acontecer!

Esta pergunta em especial define bem o uso do pensamento deixado no inicio do post, o Foco aqui deve ser no assertivo, Vamos Pensar O que eu tenho que fazer pra dar certo, e se der errado que pode acontecer, Pergunte-se:

O que eu deixei de fazer certo?

E não a já automática:

O que eu fiz de errado?

Acredito que este post tenha alguma utilidade a pra mim teve, assim como teve pra mim e tem ainda, estes passos.

Na próxima semana vamos tratar um pouco mais sobre esta parte de escopo antes de ir ao principal ativo de toda a empresa como a nossa O Cliente como Prefiro Chamar usuário de Tecnologia.

Convido a você também a participar com criticas duvidas e outros a participação dos Leitores é de suma importância pra alcançarmos o conhecimento em comum.

Abraços e até a semana que vem !!!!